segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Vila Bela da Santíssima Trindade - Mato Grosso

Situada no oeste de Mato Grosso, próximo à fronteira com a Bolívia, as margens do rio Guaporé e aos pés da Serra de Ricardo Franco, Vila Bela encontra-se mergulhada na diversidade natural e cultural como poucos lugares do Brasil.


Envolvida pelo Pantanal Amazônico do Alto Guaporé, com muitas espécies faunísticas iguais as do Pantanal Mato-grossense e outras oriundas do ecossistema Amazônico, como o jacaré-açu ou caimãn, o boto tucuxi e o boto-rosa, a ave cigana, muito abundante na região,o macaco-aranha e inumeráveis outras, inclusive mais de 472 espécies de aves já identificadas.


Vila Bela concentra também as mais altas cachoeiras do estado, com altura a partir dos 250 metros.




Em Vila Bela temos o Parque Estadual Serra de Ricardo Franco, com 156.000 hectares, e contíguo a este o Parque Nacional Noel Kempf Mercado, já na Bolívia, com 1.600.000 hectares. A ocorrência de 4 ecossistemas chama a atenção, pois além do Cerrado, dos Pantanais do Alto Guaporé e da Floresta Amazônica, temos o Bosque Seco Chiquitano, ecossistema riquíssimo e pouco conhecido no Brasil.






Vila Bela foi a primeira capital de Mato Grosso, sendo durante muito tempo área de conflito entre os Portugueses e os Espanhóis, que se enfrentaram militarmente na região inúmeras vezes, as ricas minas de ouro de Vila Bela, alimentaram com ouro a Europa durante muito tempo e por este motivo, milhares de africanos escravizados foram trazidos para cá, trabalhando duramente, até a morte ou a fuga para o sertão, onde criavam Quilombos e desenvolviam pequenos reinados.








Os descendentes destes africanos se fundiram com inúmeras nações indígenas que habitavam o Vale do Guaporé e hoje é a maioria da população de Vila Bela.





A cultura local apresenta traços de puro encantamento, com danças, músicas, rituais religiosos, culinária e bebidas típicas e um modo de vida muito simples e humilde, mas também muito extrovertido e animado.








Natureza exuberante, grandes paisagens, rios e pantanais pra serem navegados, festas a serem vividas, comidas e bebidas suculentas e energéticas, experiências novas esperam quem se atrever a vir, venha logo.


Texto e Fotos: Mario Friedlander

3 comentários:

  1. ricardoribeiro_vb@hotmail.com5 de maio de 2011 15:57

    muito bom esse projeto

    ResponderExcluir
  2. Wow ! Que fotos. Quase fiquei sem folego com a beleza das fotos.

    http:earthyreporter.blogspot.com

    "Part 1, Chapada Revisted: Aging City Dropouts Blend with Eco-Tourism in Brazilian Wild West."

    ResponderExcluir
  3. A imagem é linda falta administração na região....os politica da cidade de Vila Bela.
    Junta o Prefeito e Vereadores,sem carater e sem vergonha.

    ResponderExcluir